Café da manhã ideal para sua criança

Home     Blog
22 novembro 2016

Stylish boy making a mohawk hairstyle to himself

Ter bons hábitos alimentares é essencial para a nossa saúde, todo mundo sabe. Mas nem todo mundo consegue praticar e, assim, passar estes hábitos para os filhos. No entanto, quando os pais já têm bons hábitos, fica muito mais fácil e natural incentivar isso nos seus pequenos e acompanhar os benefícios que uma boa alimentação traz desde cedo.

Uma das refeições mais importantes do dia é o café da manhã, pois ele fornece toda a energia que precisamos repor no organismo depois das horas em que estivemos adormecidos. Mas engana-se quem pensa que comer qualquer coisa no café da manhã é suficiente. Esta refeição deve ser, ao mesmo tempo, balanceada e fortalecedora, principalmente na fase de crescimento.

Saiba quando e como começar a oferecer um café da manhã completo ao seu filho.

Os bebês devem ser alimentados somente com leite materno até completar os seis meses de vida, já que o leite possui tudo o que eles precisam para um crescimento forte e saudável. A partir dos sete meses, começam a ser inseridos outros alimentos na rotina do bebê. No entanto, é a partir de um ano de idade que os pais devem oficializar a inclusão do café da manhã na rotina da criança, pois nessa idade o organismo dela já está preparado para receber uma nova variedade de alimentos.

A inserção do café da manhã como uma refeição fixa não deve ser algo opcional, portanto pode exigir mudanças na rotina da família. Este deve ser um momento prazeroso para todos, por isso, veja algumas dicas de como ter mais sucesso nessa hora:

– Se o seu bebê é acostumado a mamar assim que acorda, seja no peito ou na mamadeira, você pode reduzir consideravelmente a quantidade de leite nesta hora para que ele não esteja de barriga cheia ao oferecer o café da manhã, que deve ser feito logo em seguida;

– Se o bebê costuma tomar fórmula, ela pode continuar sendo oferecida, mas na mesa de café da manhã, incentivando esta rotina fora da cama. E, ainda assim, ofereça alguma fruta logo após a fórmula para estimular a mastigação;

– Se seu filho acorda muito tarde e você não quer que o café da manhã atrapalhe o almoço, há duas soluções: atrasar o horário do almoço ou começar a acordá-lo mais cedo, pois não deve haver a possibilidade de ele ficar sem o café da manhã. Mas no caso da segunda opção, é necessário também que ele comece a ir para a cama mais cedo, mantendo as horas ideais de sono;

– Se no início a criança for resistente a outros alimentos além do leite, não tenha medo de tirá-lo do cardápio para promover este novo hábito. O cálcio presente no leite também está em iogurtes naturais, queijos magros, gergelim e castanhas, por exemplo.

Cardápio completo

É muito importante que o café da manhã do seu filho seja rico em nutrientes variados, com um tipo de carboidrato (biscoito integral salgado, bolo feito em casa, pão, torradas), uma fruta e uma proteína (ovo, tofu, frango desfiado, atum, sardinha).

Lembre-se de dar preferência aos alimentos caseiros e naturais, com menos açúcar e menos conservantes. A criança não vai sentir falta do açúcar enquanto não conhecer seus excessos, então o que você oferecer será o que ela vai achar normal. Quanto mais tempo for possível evitá-lo, melhor para a saúde do seu bebê. E lembre-se também de fazer uma apresentação divertida do prato e não exagerar nas quantidades. Tudo isso ajuda para que logo seu filho tenha o excelente hábito de gostar de se alimentar bem no café da manhã.

Conte pra gente nos comentários como está sendo ou como foi sua rotina matinal com seu bebê.

TOPO