Páscoa: quanto chocolate meu filho pode comer?

Com a proximidade da Páscoa, as crianças ficam eufóricas esperando o dia de encontrarem os deliciosos ovinhos de chocolate.

Mas quais as quantidades recomendadas para ingestão dessas guloseimas?

A partir de quantos anos as crianças podem consumir o chocolate?

Para quem tem crianças pequenas em casa, essas são dúvidas muito comuns, principalmente nesta época do ano.

Especialistas apontam que o consumo máximo de chocolate por crianças não deve passar de 30 gramas por dia — desde que ela não esteja acima do peso, nem tenha problemas de saúde.

O excesso de chocolate pode provocar alterações gastrointestinais na criança, como vômitos e diarreia.

Na dúvida, o ideal é consultar um nutricionista.

O horário de consumo também deve ser observado pelos pais. O ideal é que a criança tenha se alimentado bem antes de comer chocolate, para facilitar o controle da quantidade e também para que o corpo não absorva tão rapidamente o açúcar, que é o que acontece se o estômago estiver vazio.

Mas, atenção! Crianças só podem consumir chocolate após os 2 anos de idade, de acordo com a recomendação de pediatras e nutricionistas. Se oferecido precocemente, o alimento pode favorecer manifestações alérgicas, como manchas na pele, tosse e secreção em vias aéreas.

Além disso, o consumo de doces na primeira infância pode provocar mudanças nas papilas gustativas da língua, alterando, assim, o paladar e favorecendo a recusa de alimentos que não sejam doces.

Existem várias formas de se promover uma Páscoa saudável com os pequenos. Veja algumas dicas:
— Faça ovos de gelatina. Ficam coloridos e saborosos. É só preparar a gelatina de sua preferência e colocar na casca do ovo de galinha. Confira aqui a receita. (http://cybercook.com.br/receita-de-gelatina-em-ovos-r-7-13916.html)
— Ovinhos de galinha recheados com uva-passa ou amendoim doce também são uma alternativa.
— Para presentear, você pode fazer brigadeiros ou trufas que levem alimentos saudáveis, como batata doce.
— Reforce a ideia da cenoura com o coelho, para incentivar o consumo de verduras.
— Promova brincadeiras de pintura de ovos de galinha.

Tomando essas atitudes e cuidados, seu filho só terá motivos para alegria e uma qualidade de vida melhor, assim como guardará as lembranças dessas experiências para sempre.